Gestor(a) de Recursos Humanos

As Aldeias de Crianças SOS Internacional fazem parte da federação mundial de Aldeias de Crianças SOS. Na qualidade de organização não governamental de desenvolvimento social, apoiamos crianças privadas de cuidados de pais e famílias em condições difíceis, através de cuidados, educação, saúde e ajuda de emergência, e defendemos os direitos das crianças e dos jovens, em colaboração com uma ampla diversidade de parceiros. Trabalhamos em 135 países e territórios, atingindo mais de um milhão de crianças, jovens, famílias e prestadores de cuidados em cada ano.

As Aldeias de Crianças SOS da Guiné-Bissau são uma Associação Nacional de Desenvolvimento Não Governamental e membro da Federação Internacional de Aldeias de Crianças SOS e estão comprometidas com esta causa desde 1984. As Aldeias de Crianças SOS da Guiné-Bissau administram uma ampla gama de programas em Bissau, Canchungo e Gabú. Esses programas incluem o fortalecimento da família, programas para jovens, bem como escolas primárias e secundárias. Para nos ajudar a assumir esta importante responsabilidade, estamos atualmente a procurar um Gestor de Recursos Humanos e Desenvolvimento Organizacional.

IMG_7676.JPG

A Aldeias de Crianças SOS da Guiné-Bissau pretende recrutar um(a) Gestor(a) de Recursos Humanos para a Direção Nacional.

Resumo do posto

O/a Gestor/a de Recursos Humanos e Desenvolvimento Organizacional coordena, comunica e implementa planos e políticas de RH. Ele / ela garante a realização de operações de RH para apoiar o desenvolvimento da Associação Nacional, gere e administra o recrutamento, orientação, remuneração e benefícios, gestão de desempenho, desenvolvimento de pessoal e outras atividades de RH.

O Gestor de Recursos Humanos e Desenvolvimento Organizacional fornece em matéria de gestão de recursos humanos, serviços e consultoria ao diretor nacional, diretores e chefes de departamento e funções nacionais importantes. Na qualidade de membro da direção nacional, o Gestor RHDO participa ativamente no desenvolvimento e implementação do plano nacional. Ele / ela garante a implementação do plano, diretrizes, políticas, abordagens e estratégias do Departamento de Recursos Humanos das Aldeias de Crianças SOS da Guiné-Bissau. O gestor RHDO vê como a sua principal tarefa o desenvolvimento da organização, também em termos de desempenho, garantindo processos de implementação eficientes. O Gestor RHDO garante que todas as questões administrativas sejam resolvidas em estrita conformidade com a legislação nacional e as leis laborais, assim como com as diretrizes internas das Aldeias de Crianças SOS.

Relações hierárquicas

  • Depende hierarquicamente do Diretor Nacional e coopera estreitamente com outros responsáveis de serviço na Direção Nacional.

  • Recebe instruções adicionais e apoio técnico do Conselheiro Regional de Recursos Humanos e Desenvolvimento Organizacional.

  • Fornece apoio técnico aos chefes de unidades e as suas equipas.

Principais tarefas

  • Construir no seio da Associação Nacional uma base sólida e alinhada de recursos humanos que possa conduzir à consecução dos objetivos da organização.

  • Implementação dos padrões do Manual de RH da SOS no seio da Associação Nacional, padrões regionais e globais, diretrizes e requisitos locais que também incluem a avaliação e monitorização dos processos de RH, bem como o apoio para a estratégia de RH,

  • Implementação, revisão, adaptação, monitorização e desenvolvimento de todos os padrões, diretrizes, sistemas e processos relacionados com as áreas de RH de acordo com o ciclo de RH: Planeamento do pessoal (Workforce Planning) e conceção de postos de trabalho, Recrutamento e Seleção, Integração, Formação, Remuneração, Desenvolvimento de carreira, Gestão de desempenho, Fim de contrato / Aposentação.

  • Estreita colaboração com os Gestores dos Programas de Aldeias de Crianças, os Coordenadores de Cuidados Alternativos, o pessoal do Programa de Fortalecimento da Família para a implementação da Política do Programa de Aldeias de Crianças SOS.

  • Implementação do sistema de remuneração e a sua revisão anual.

  • Manter um bom conhecimento das questões jurídicas e administrativas nacionais na área de gestão administrativa de pessoal.

  • Colaboração com instituições de segurança social e administração do trabalho no quadro do respeito pela legislação laboral e segurança social na Guiné-Bissau.

  • Organização e avaliação das atividades de apoio como supervisão, coaching e desenvolvimento de equipa, bem como pesquisas de engajamento e satisfação, conforme necessário.

  • Manutenção do relacionamento matricial com o Departamento Regional RHDO e participação ativa na rede regional e contribuição nas atividades regionais RHDO.

  • Promoção da marca SOS através do reconhecimento do valor da organização junto da comunidade de RH e da sua Associação Nacional.

  • Promover a aplicação dos valores da organização, padrões legais e éticos e boas práticas de gestão.

  • Apoiar o desenvolvimento de uma força de trabalho estável, engajada e de alto desempenho.

  • Reforçar o ambiente de trabalho saudável propício ao desenvolvimento.

​​Qualificações e Habilidades exigidas

  • Licenciatura 2 (Ensino liceal + 5) em Gestão de Recursos Humanos, Gestão, Direito, Ciências Políticas e Administrativas ou qualquer outro campo equivalente

  • Pelo menos cinco (5) anos de experiência, incluindo três (3) anos numa posição semelhante

  • Conhecimento perfeito do código do trabalho e da legislação social em vigor na Guiné-Bissau.

  • Forte capacidade de análise, organização e resolução de problemas e conflitos.

  • Proficiência em pelo menos um software de processamento de folha de pagamento (de preferência Sage Payroll).

  • Boa capacidade de redação.

  • Domínio perfeito do francês

  • Domínio perfeito do português e do crioulo.

  • Bom conhecimento do Office (Word, Excel, PowerPoint, etc.)

  • Capacidade de facilitação e formação.

  • Aptidões de comunicação.

  • Capacidade de trabalhar de forma eficaz com uma organização estabelecida em várias localizações geográficas.

  • Fluência em inglês seria uma vantagem

Nós oferecemos

 

  • Salário e benefícios atraentes

  • Um ambiente de trabalho de equipa encorajador

  • A oportunidade de trabalhar para uma ONG internacional respeitada e reconhecida

O que nós representamos:

As Aldeias de Crianças SOS estão empenhadas em criar e manter um ambiente protetor que promova os seus valores fundamentais e evite o abuso e a exploração de crianças. Condenamos veementemente todas as formas de violência e exploração de crianças, tanto dentro como fora de nossa organização, e respondemos apropriadamente a qualquer abuso comprovado ou suspeito e qualquer tentativa de abuso. Estamos a desenvolver mecanismos para aumentar a consciencialização, prevenir, estimular a denúncia e facilitar a resposta. As nossas ações podem variar de medidas de desenvolvimento de pessoal, como formação e aconselhamento, até medidas como suspensão, demissão ou ação judicial.

Como candidatar-se?

Para se candidatar, envie por e-mail (recrutamento.nogw@sosbissau.org)

·        Um Curriculum Vitae em português

·        Uma carta de motivação em português

·        Uma cópia digital de diplomas e certificados

·        Duas (3) referências profissionais (com pelo menos um supervisor)

 

O título do trabalho deve ser mencionado na linha de assunto. Para mais esclarecimentos, mande um email para recrutamento.nogw@sosbissau.org

As candidaturas femininas são fortemente encorajadas

O prazo para candidaturas decorre até 20 de Junho de 2021