Líder de Jovens

A SOS Children's Villages International é uma organização global criada em 1949 que trabalha para atender às necessidades e proteger os interesses e direitos das crianças que perderam os cuidados parentais e aqueles em risco de os perder. A SOS Children's Villages International trabalha através de associações membros em 135 países em todo o mundo.

 

Aldeias de Crianças SOS da Guiné-Bissau é uma associação nacional não governamental de desenvolvimento e membro da Federação Internacional das Aldeias Crianças SOS que desde 1994 vem desenvolvendo as suas atividades no sentido de atender às necessidades e preocupações das crianças. A SOS Guiné-Bissau desenvolve e gere um grande leque de programas e projetos em Bissau, Gabú e Canchungo, incluindo programas de fortalecimento familiar, programas para jovens, escolas primárias e secundárias, jardins infantis, um centro de formação profissional e vários projetos comunitários. 

DSC08118.JPG

A Aldeias de Crianças SOS da Guiné-Bissau pretende recrutar dois(2) Educadores de Jovens para as Aldeia de Crianças SOS de Gabú e de Canchungo.

Resumo do posto

Orientar os Jovens SOS (dentro da Aldeia) à independência e autossuficiência como membros contribuintes da sociedade. Atuar como colega e modelo, fornecendo conselho, orientação, apoio e um exemplo positivo para os jovens em seu desenvolvimento desde a adolescência até a idade adulta.

Em geral, o Educador de Jovens é responsável pelo desenvolvimento dos Jovens SOS dentro e fora da Aldeia.

Principais tarefas

  • Estar ciente do desenvolvimento pessoal de cada Jovem, para que possa observar quaisquer mudanças sociais, físicas ou outras mudanças externas, que podem servir como indicadores de necessidade de aconselhamento.

  • Auxiliar os Jovens a abordar quaisquer problemas pessoais e / ou sociais que possam enfrentar, apoiando-os e orientando-os nos momentos difíceis.

  • Ajudar os jovens que vivem na Casa a administrar a casa por conta própria. Isso inclui facilitar o estabelecimento de regras e regulamentos da casa, por meio de um processo democrático entre os jovens

  • Desenvolver uma compreensão clara das habilidades, aptidões, perspetivas e aspirações futuras de cada jovem e, juntamente com o Coordenador(a) de Cuidados Alternativos.

  • Fornecer aos Jovens e Crianças da Aldeia aconselhamento profissional contínuo e orientação profissional

  • Assegurar-se de que todos os jovens mantenham contato com suas mães SOS e famílias

  • Promover atividades de serviço comunitário entre os jovens de curto ou longo prazo.

​​Qualificações e Habilidades exigidas

  • Formação académica: Licenciatura ou Diploma na área de Educação, Ciências Sociais, Estudos de Desenvolvimento ou Serviço Social

  • Experiência de trabalho: 3 anos de experiência de trabalho com jovens e crianças. Habilidades de orientação profissional e envolvimento em atividades extracurriculares, desportos / jogos serão uma vantagem

  • Línguas: excelente português escrito e falado. Domínio de francês e/ou inglês é uma vantagem

  • Habilidades:

    • Conhecimento dos direitos da criança e proteção da criança.

    • Organização e gestão de tempo e tarefas

    • Uso de Microsoft Excel, Word e PowerPoint

As candidaturas femininas são fortemente encorajadas

OBS: Os Termos de Referência dos postos acima estão disponíveis na Direção nacional das Aldeias de Crianças SOS.

 

O que nós representamos:

 

As Aldeias de Crianças SOS estão empenhadas em criar e manter um ambiente protetor que promova os seus valores fundamentais e evite o abuso e a exploração de crianças. Condenamos

veementemente todas as formas de violência e exploração de crianças, tanto dentro como fora da nossa organização, e respondemos apropriadamente a qualquer abuso comprovado ou suspeito e qualquer tentativa de abuso. Estamos a desenvolver mecanismos para aumentar a consciencialização, prevenir, estimular a denúncia e facilitar a resposta. As nossas ações podem variar de medidas de desenvolvimento de pessoal, como formação e aconselhamento, até medidas como suspensão, demissão ou ação judicial.

Nós oferecemos

 

  • Salário e benefícios atraentes

  • Um ambiente de trabalho de equipa encorajador

  • A oportunidade de trabalhar para uma ONG internacional respeitada e reconhecida

Como candidatar-se?

Para se candidatar, envie por e-mail (recrutamento.nogw@sosbissau.org)

·        Um Curriculum Vitae em português

·        Uma carta de motivação em português

·        Uma cópia digital de diplomas e certificados

·        Duas (3) referências profissionais (com pelo menos um supervisor)

 

O título do trabalho deve ser mencionado na linha de assunto. Para mais esclarecimentos, mande um email para recrutamento.nogw@sosbissau.org

O prazo para candidaturas decorre até 24 de agosto 2022