Consultor(a) para o Estudo do Sistema Nacional de Serviços de Cuidados Alternativos

A SOS Children's Villages International é uma organização global criada em 1949 que trabalha para atender às necessidades e proteger os interesses e direitos das crianças que perderam os cuidados parentais e aqueles em risco de os perder. A SOS Children's Villages International trabalha através de associações membros em 135 países em todo o mundo.

 

Aldeias de Crianças SOS da Guiné-Bissau é uma associação nacional não governamental de desenvolvimento e membro da Federação Internacional das Aldeias Crianças SOS que desde 1994 vem desenvolvendo as suas atividades no sentido de atender às necessidades e preocupações das crianças. A SOS Guiné-Bissau desenvolve e gere um grande leque de programas e projetos em Bissau, Gabú e Canchungo, incluindo programas de fortalecimento familiar, programas para jovens, escolas primárias e secundárias, jardins infantis, um centro de formação profissional e vários projetos comunitários. 

Resumo do posto

Constituem objetivos do posto a realização de um estudo sobre a situação de apoio às crianças sem cuidados parentais ou em risco de os perder.

A consultoria visa igualmente a realização de uma análise exaustiva do quadro legal relacionado aos cuidados alternativos na Guiné-Bissau.

A Direção Nacional das Aldeias de Crianças SOS da Guiné-Bissau pretende recrutar um(a) Consultor(a) para o Estudo do Sistema Nacional de Serviços de Cuidados Alternativos.

Equipa de acompanhamento e apoio

A realização deste estudo vai exigir um esforço coordenado entre as Aldeias de Crianças SOS Guiné Bissau e o consultor externo. As Aldeias de Crianças SOS reservam o direito de participar das discussões-chave por forma a garantir que a mensagem passada, sobre a organização e este processo, seja apropriada, clara e consistente e a marca adequadamente protegida.

Objetivos

  1. Examinar diferentes aspetos, incluindo leis sobre a criança, protocolos e procedimentos de proteção, padrões nacionais de qualidade, diretrizes e estratégias nacionais para cuidados alternativos, sistema de referência, protocolos de partilha de informações, processo de gestão de casos, etc;

  2. Realizar o inventário das partes interessadas (stakeholders) e estruturas de financiamento e apoio aos serviços de atendimento alternativos;

  3. Analisar as atitudes, crenças e práticas sociais e culturais que influenciam o sistema de prevenção contra o encaminhamento inadequado de crianças e jovens aos serviços de cuidados alternativos;

  4. Comparar as diferenças entre a política e a prática e identificar os pontos fortes, as boas práticas, as lacunas e dessa fios a nível estatal e na SOS Guiné-Bissau;

  5. fornecer recomendações sobre os ajustes necessários para a melhoria em termos da definição clara do nosso grupo-alvo bem como em termos de atividades de Advocacy que poderemos encetar visando a melhoria do processo de cuidados alternativos (gatekeeping) nacionais. 

Os candidatos à condução deste estudo, devem apresentar propostas preliminares, detalhando/anexando os seguintes:

  • declaração de capacidade: carta comprovando sua experiência (ou da empresa) e conhecimentos relevantes para a tarefa;

  • proposta técnica: incluindo metodologia clara, plano de trabalho e cronograma realistas;

  • proposta financeira: detalhada em formato Excel que inclui todos os custos;

  • comprovação de experiência em consultoria: contratos de, pelo menos, duas organizações que o/a contrataram (de preferência nos últimos 3 anos) e amostra dos estudos realizados.

Duração e prazos

Todo o trabalho de pesquisa e produção do relatório dever ser realizado no prazo de 1 mês, a contar da data da assinatura do contrato.

Data de Início: Imediata

Duração: até um mês, após a assinatura do contrato;

Horário: Não definido, mas com flexibilidade para deslocações à Direção Nacional ou encontros virtuais de trabalho, sempre que necessário e/ou solicitado para análise conjunta dos documentos;

O prazo para candidaturas decorre até 13 de Novembro 2020

Como candidatar-se?

Para se candidatar, envie por e-mail (recrutamento.nogw@sosbissau.org)

·        Um Curriculum Vitae em português

·        Uma carta de motivação em português

·        Uma cópia digital de diplomas e certificados

·        Duas (3) referências profissionais (com pelo menos um supervisor)

 

O título do trabalho deve ser mencionado na linha de assunto. Para mais esclarecimentos, mande um email para recrutamento.nogw@sosbissau.org

Esclarecimentos​ & Termos de Referência

Em caso de quaisquer dúvidas ou necessidade de informações adicionais, contatar o Diretor Nacional para Desenvolvimento de Programas das Aldeias de Crianças SOS Guiné Bissau, através dos seguintes contactos:

As candidaturas femininas são fortemente encorajadas

© 2023 por SOS Guiné-Bissau. Orgulhosamente criado por BIGTechnologies Sarl

FALE CONNOSCO

(+245) 96 6017697 /

+245 95 642 14 53

MORADA 

Rua D. Settimio Arturo Ferrazzetta

(Estrada da Granja) B.P. 696 Bissau