Website 2.png

A COVID-19 aprofundou a desigualdade urbano-rural, deixando famílias rurais especialmente vulneráveis, como também sublinhou que a desigualdade de rendimentos na Guiné-Bissau é uma das mais elevadas de África, sobretudo nas zonas rurais, onde a maioria das famílias não tem acesso a serviços básicos como saúde e água potável. (relatório PNUD Guiné-Bissau 2020)
A falta de redes de segurança social e pouca viabilidade de proteção contra a pandemia agravaram ainda mais a situação de saúde dos mais vulneráveis.

A prevalência de muitas doenças e infraestruturas precárias tornou a atual pandemia uma emergência complexa para as famílias urbanas e rurais na Guiné-Bissau. Os escassos recursos e testagem nos hospitais rapidamente podem levar o sistema de saúde aos seus limites.

A atividade económica é altamente informal e impulsionada substancialmente pelas exportações da castanha de caju em bruto. Os bloqueios causados pela pandemia atrasaram a campanha anual de caju, o principal produto agrícola de exportação, afetando a renda de 80% das famílias. Sistemas de proteção social e finanças públicas de recursos igualmente escassos, deixam o governo com pouca capacidade de proteção e sustento económico das famílias e consequentemente, a sua sobrevivência.

Devido à COVID-19, o FMI previu uma redução de -1,9% do PIB para a Guiné-Bissau, em vez dos 4,5% de crescimento inicialmente previstos. Além disso, o relatório do PAM Guiné-Bissau (2020), de seguimento do impacto da covid-19 na segurança alimentar das famílias revela que 34% das famílias rurais e 19% das famílias urbanas estão em situação de insegurança alimentar. A situação será mais grave nos próximos meses devido às inundações sazonais e outros riscos associados à estação das chuvas e ao impacto negativo da COVID 19.

Untitled-1-01.jpg

A aldeias de crianças SOS Guiné-Bissau tem apoiado cerca de 215 famílias nas comunidades Canchungo norte e sul através do programa de fortalecimento familiar que toca áreas como o empoderamento económico, a educação e a saúde. Graças aos esforços dos nossos colaboradores temos conseguido desenvolver meios de sustentabilidade e proteção para as crianças e as suas famílias.

Para atingirmos mais famílias precisamos do seu apoio.

Untitled-1-10.jpg
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube

Para mais informações contacte official.sosbissau@gmail.com ou visite: